Inglês Espanhol Francês Italiano
Especial Serra Gaúcha – Capítulo 7

Especial Serra Gaúcha – Capítulo 7

Especial Enovírtua Serra Gaúcha

 

Um Giro por Pinto Bandeira

Pertinho do município de Bento Gonçalves, num dos mais belos locais da Serra Gaúcha, a cidade de Pinto Bandeira, distrito recentemente elevado à categoria de município, oferece aos visitantes a oportunidade de apreciar lindas paisagens e degustar vinhos maravilhosos.
O verde dos parreirais, a tranquilidade e o ar puro são as melhores companhias para apreciar este belíssimo passeio.
As vinícolas que se encontram ao longo do trajeto, estão sempre de portas abertas para os visitantes, oferecendo acomodação, lazer, degustação, varejo e produtos típicos.
Como vocês podem ver, as opções são infinitas e fica muito difícil optar por essa ou por aquela.
A vontade que nos dá é de fazer todo circuito e apreciar os mínimos aspectos de cada um deles.

Agora vamos fazer uma viagem à Vinícola Don Giovanni, o objetivo é deixar você, enoturista, com muita água na boca!

 

Fonte:  http://www.pintobandeira.rs.gov.br/wp-content/gallery/atrativos-turisticos-pousada-don-giovanni/don-giovanni-1c.jpg

História e Tradição

Distante 12km do centro de Bento Gonçalves, em altitude de 720 metros, a “granja” Don Giovanni, como é chamada pelos seus proprietários, tem uma história de elaboração de vinhos de mais de 40 anos.
Antes de ser adquirida pelo casal Ayrton Giovanni e Beatriz Dreher Giovanni, a propriedade pertencia à Dreher S.A., indústria de bebidas estabelecida na região em meados do século XX e que pertencia aos avós paternos de Beatriz. A Dreher deixou fortes influências na história econômica e social do município de Bento Gonçalves.

Na época em que pertencia à Dreher, cujo diretor industrial era o atual proprietário, Ayrton Giovanni, a granja Don Giovanni funcionava como uma espécie de estação experimental no desenvolvimento de uvas viníferas e de vinificação. Neste local, em 1972, foi feito o primeiro envelhecimento de vinho em barris de carvalho (bordolezas de 240 litros), pratica ainda não utilizada no país até então. Elaborado de um corte das uvas Cabernet Franc, Merlot e Gammay, se caracterizava como um vinho tinto bem encorpado, tânico, com graduação alcoólica elevada para a época (cerca de 12% Vol.) e com acentuado paladar de carvalho. A Dreher deu a esse vinho o nome de “Marjolet”.

Depois de adquirir a propriedade, em 1982, o casal a transformou em um local de veraneio, mas conservou parreirais e equipamentos para continuar a elaborar vinhos. Como agrônomo, ex-professor da Escola de Enologia (hoje CETEF), Ayrton Giovanni sempre esteve ligado às plantações e à produção de bebidas fermentadas. É um apaixonado pelo cultivo da uva e pela elaboração de vinhos. Por isso, faz questão de deixar sua marca pessoal na elaboração dos produtos Don Giovanni.
Hoje, a quarta geração da família, se dedica à produção de bebidas de alta qualidade. Prova que, por trás da marca Don Giovanni, existe tradição e conhecimento na elaboração de vinhos.
Fonte: http://www.dongiovanni.com.br/historia

Os produtos Don Giovanni

Os vinhos e espumantes Don Giovanni são elaborados a partir de uvas cultivadas em vinhedos próprios, que passam por modernos processos de vinificação em equipamentos e instalações adequadas.
A Don Giovanni sabe que para alcançar a excelência, além de utilizar matérias-primas de ótima qualidade, o produto final deve expressar ao máximo as características das uvas utilizadas.

Vinhos Don Giovanni

 


Ficha Técnica:

Composição: 100% Chardonnay
Safra: 2012
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 6 meses.
Graduação alcoólica: 12,8% Vol.

Notas de Degustação
Vinho de coloração amarelo palha, levemente dourado com traços esverdeados, excelente limpidez e brilho.
No olfato apresenta frescor, notas de frutas brancas maduras como abacaxi, melão e traços de aromas tipo cogumelos frescos, chocolate branco, conferidos pela sua breve passagem no carvalho.
No paladar apresenta bom frescor, bom equilíbrio da acidez, realce dos gostos cítricos seguido por um sutil toque de madeira confirmado com características como champignon e chocolate.

 

 

Ficha Técnica:
Composição: 100% Cabernet Franc
Safra: 2008
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 6 meses.
Graduação alcoólica: 13,0 % Vol.

Notas de Degustação
Apresenta uma coloração que vão desde o rubi violáceo ao ocre nos final das bordas.
Boa intensidade aromática, harmonizando bem o aroma de frutas com madeira (carvalho).
Apresenta notas de geleias de frutas vermelhas, caramelo e framboesa.
Na boca apresenta um corpo médio, equilibrado e de agradável retrogosto com boa evolução e persistência.

 

Ficha Técnica:

Composição: 100% Merlot
Safra: 2010
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 6 meses.
Graduação alcoólica: 13 % Vol.

Notas de Degustação:
Apresenta uma coloração intensa com tonalidades púrpura e vermelho-rubi e alguns reflexos violáceos.
Quanto ao aroma, apresenta notas de cassis, cogumelo, tabaco e café torrado.
Na boca é estruturado, bom corpo, expressivo volume, taninos macios e maduros que nos proporcionam sensação aveludada, boa persistência e agradável retrogosto.
Um bom vinho que pelas suas características aceita muito bem o envelhecimento.

 

Ficha Técnica:

Composição: 100% Cabernet Sauvignon
Safra: 2006
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 6 meses.
Graduação alcoólica: 13,3 % Vol.

Notas de Degustação:
Este vinho apresenta cor rubi intensa com aromas frutados e agradáveis conferidos pelo envelhecimento em barris de carvalho.
No paladar apresenta bom volume de boca, complexo com taninos maduros que lhe conferem bom equilíbrio e maciez.

 

Ficha Técnica:
Composição: 100% Tannat
Safra: 2008
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 6 meses.
Graduação alcoólica: 13 % Vol.

Notas de Degustação:
Vinho de cor violáceo profundo, levemente púrpuro, lágrimas densas e fortes, aromas complexos de frutas vermelhas e de envelhecimento.
Algumas notas como cacau, chocolate, champignon, framboesa, baunilha, cassis e caramelo.
No paladar presença de acidez, taninos macios, bom volume de boca e final prolongado.

 

Ficha Técnica:
Composição: Aproximadamente 40% Cabernet Sauvignon, 40% Merlot e 20% Ancellota.
Safra: 2004
Tempo de envelhecimento em barricas de carvalho: 12 meses.
Graduação alcoólica: 12,4 % Vol.

Notas de Degustação:
Vinho de coloração intensa púrpura com tonalidade rubi e matizes violáceas.
Seu aroma é complexo, lembrando chocolate, frutas vermelhas doces, cassis, tostado, especiarias e baunilha.
Possui grande volume de boca, apresenta ataque inicial agradável, intenso com taninos presentes e maduros que lhe conferem bom corpo, com estrutura que suporta longo envelhecimento e apresenta grande equilíbrio e persistência.

A granja Don Giovanni não para somente em seus ricos e requintados vinhos, ela oferece igualmente opção de pousada e restaurante para quem quer desfrutar momentos de lazer e conforto junto ao campo.
Localizada a 12 km do centro de Bento Gonçalves (RS), em um dos pontos mais altos do município, se encontra a charmosa pousada Don Giovanni.
http://www.recantoserequintes.com.br/img/pousadas/g/136p05.jpg

Hoje, a pousada oferece 8 quartos para hospedagem, sendo 7 apartamentos localizados em um casarão de 1930, todos são decorados com móveis antigos, de madeira distinta e personalizada e, uma cabana localizada em meio aos vinhedos. Esta, um antigo estábulo reformado que oferece total conforto alinhado à tradição.

 

Fonte:  http://www.recantoserequintes.com.br/img/pousadas/g/136p06.jpg

A vista é simplesmente encantadora, uma visão privilegiada do nascer do sol onde os primeiros raios são refletidos no açude.

 

Fonte:  http://clubalfa.abril.com.br/wp-content/uploads/2013/06/vale-dos-vinhedos-1.jpg

Vamos conhecer os serviços oferecidos por essa fantástica hospedaria:

Instalações e Serviços

A Pousada Don Giovanni oferece excelentes instalações e serviços para o enoturista como:

  •  Café da manhã
  •  Restaurante
  •  Lazer: bocha, xadrez gigante, bicicleta, caminhada pelos vinhedos.
  •  Piscina
  •  Sala de estar com lareira
  •  Visitação à vinícola e degustação de vinhos no varejo.

Confira algumas dessas opções pelas fotos abaixo:

Fonte:  http://www.bentogoncalves.com.br/img/anuncios/164_1.jpg

 

Fonte:  http://media-cdn.tripadvisor.com/media/photo-s/04/85/a5/bf/pousada-don-giovanni.jpg

Fonte:  http://www.brasiladentro.tur.br/fotos/anuncio/102507/102507_1.jpg

 

Fonte:  http://media-cdn.tripadvisor.com/media/photo-s/05/35/69/35/pousada-don-giovanni.jpg

 

Fonte:  http://media-cdn.tripadvisor.com/media/photo-s/05/35/69/35/pousada-don-giovanni.jpg

 

Fonte:  http://www.pintobandeira.rs.gov.br/wp-content/gallery/atrativos-turisticos-pousada-don-giovanni/don-giovanni-6c.jpg

Esses são uma das tantas vastas opções que o enoturista encontra para aliar o prazer de um bom vinho à vida, ao requinte, ao bom gosto e, sobretudo, ao descanso de umas férias bem merecidas.

 ROTA DOS VINHOS DO SUL DO BRASIL

O sul do Brasil é uma região rica em opções para os apreciadores de vinhos. Composta pelas cidades que formam a conhecida Serra Gaúcha, a região dos vinhos possui as vinícolas mais premiadas do Brasil e oferece muitas possibilidades de lazer e gastronomia.
Marcada pela tradição da cultura italiana, com sua hospitalidade e alegria, a Rota dos Vinhos do Sul do Brasil é um roteiro imperdível. Bons vinhos, boa comida e povo alegre são as principais características da região. Você terá a oportunidade de conhecer as vinícolas Salton, Miolo, Casa Valduga e Château Lacave hoje consideradas as empresas que mais investem na qualidade do vinho brasileiro.

 

Fonte:  http://www.trendlinemag.com.br/wp-content/uploads/2010/10/Rota-dos-Vinhos-de-Montanha.jpg

Falar de todos os encantos, belezas e circuitos culturais da Serra Gaúcha em uma única edição seria praticamente impossível. Por isso, a cada edição de nosso especial, abordaremos uma cidade com seus aspectos típicos e vinhos de modo que você, enoturista, possa ter uma ideia bastante alicerçada dos roteiros turísticos associados ao vinho da Serra Gaúcha.

Nos capítulos 6 e 7 desse nosso ESPECIAL ENOVÍRTUA SERRA GAÚCHA, falamos de dois grandes centros de produção vinícola do Brasil: Bento Gonçalves e Pinto Bandeira. Mas qual será a nossa próxima parada na Rota dos Vinhos? Vamos deixá-lo na curiosidade do palpite. Tentem adivinhar onde será. Até lá, aguarde mais maravilhosas surpresas!

Fonte:  http://www.taviagens.com.br/files/2012/03/rota-dos-vinhos-serra-gacha.jpg

Começamos nossa fantástica viagem por Bento Gonçalves e demos um salto até Pinto Bandeira onde conhecemos não somente os vinhos ali produzidos, mas também os encantos de um lugar que, sem dúvida, vale a pena conhecer em nossas viagens de férias, ou mesmo, em um feriado prolongado.

Nosso destino seguirá adiante até que tenhamos desfraldado todas as riquezas e vinhos da Serra Gaúcha.

 

Até lá!

 

FAÇA PARTE DO CLUBE ENOVIRTUA

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos

Leave a comment

Seja um membro do clube Enovirtua

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos.