Enoturismo em Piemonte – Itália

Enoturismo em Piemonte – Itália

Uma terra que desperta fascínios e arranca suspiros, deixa saudades na partida e uma vontade imensa de sempre a ela retornar.

 

 

Piemonte não atrai os turistas somente pela riqueza de seus vinhos, junto com eles podemos descobrir uma variedade de circuitos culturais e turístico singulares neste canto do mundo e que nos coloca em contato com os múltiplos aspectos de uma mesma região. A riqueza de seu patrimônio histórico, artístico e arquitetônico se estende desde achados arqueológicos romanos ao industrial, de percorrer paisagens com colinas doces e suaves, de atravessar cidades em pouca distâncias marcadas com uma continuidade, de passear por burgos ou mover-se sobre os rastros de diversas formas de espiritualidade, de andar à procura da tradição artesanal ou buscar o fio de antigas lendas. Uma região dotada de gigantesca riqueza cultural onde paisagem humana e natural se integram em perfeita harmonia.

Vejamos alguns monumentos de Piemonte criados pelo homem e que fascinam turistas do mundo inteiro:

 I borghi storici

 Il Castello di Cereseto Piccolo Paese

Il Palazzo Realli a Torino

 I Sacri Monti

 

Castello di Prunetto a Monferrato

 

Castello di San Giorgo a Monferrato

Veja agora algumas das paisagens naturais mais belas do mundo e que parecem verdadeiros cenários cinematográficos de arrancar suspiros:

 Cascata em Urezzo

Gargantas de Urezzo

Il Laggo Maggiore

Vista dos Alpes

Piemonte è storia e memória, arte e cultura, leggenda e tradizioni. Um patrimonio inestimabile e pervaso di fascino che snoda tra città, paesi, abbazzie, castelli e fortificazioni abbracciando suggestioni secolari, scorci fiabeschi e paesaggi cariche di forza evocativa.

Fonte: http://www.piemonteitalia.eu/it/vedere.html

Para o enoturista amante da cultura, os museus de Torino são instituições de fama internacional, desde o Museu Nacional do Cinema, com sede junto a Molle Antoniana até o Museu Egípcio. Na praça Castello, pode-se visitar o Palazzo Reale, no qual podemos admirar as beleza internas que documentam a evolução do gosto da Casa Savoia e a Armaria Real, uma das mais ricas coleções de armas do planeta e que abriga desde objetos medievais, relíquias napoleônicas até armaduras dos soberanos sabaudi. Sempre na capital, o Museu Regional de Ciências Naturais e a GAM — Galeria de Arte Moderna, além dos objetos de amostra, é a sede de muitas amostras contemporâneas.

Ainda no restante do território piemontês não faltam a presença de preciosos museus que conjugam a arte antiga, Museu del Tesoro del Duomo em Vercelli com a arte moderna e contemporânea junto a algumas novas realidades como o Filatoio Rosso de Caraglio. Espaços que contemplam não somente pintura e arquitetura, mas também os costumes dos vales montanheses com museus dedicados às populações valdesi e walser, os ecomuseus [Biellese] com minuciosas e originais exposições aos campeões do ciclismo que levam o duro ofício do abre caminhos.

Fonte: http://www.piemonteitalia.eu/it/vedere.html

 

Comentários do Facebook

No Comments

Give a Reply