Inglês Espanhol Francês Italiano
A História do Saca-rolhas – I / II

A História do Saca-rolhas – I / II

 A História do Saca-rolhas

 

Um saca-rolhas é um utensílio utilizado para retirar a rolha de cortiça natural ou reconstituída de uma garrafa (frequentemente de vinho, mas também de cerveja), o que o torna o instrumento número 1 do Sommelier.

A maioria dos saca-rolhas são compostos de um puxador ao qual é acoplado um talo metálico reto que se constitui em uma mecha em forma de hélice ou de rosca.

A forma da mecha lhe permite ser enfiada na rolha por aparafusamento.

A extração da rolha é então obtida seja por tração direta do puxador, seja por um mecanismo a alavanca que se apoia sobre o gargalo da garrafa.

Existem vários tipos de mechas, mas é possível de reduzi-las a duas formas essenciais : as que possuem o centro cheio como um parafuso de madeira que nos parece ser a mais eficaz com rolhas frágeis ou em mau estado.

História do saca-rolhas

O ancestral do saca-rolhas é o « vrille à tonneau », utensílio frequentemente usado para retirar balas de canhão e sua versão posterior para penetrar os toneis de madeira de modo a instalar uma torneira para degustar e servir o vinho.

O saca-rolhas apareceu somente na primeira metade do século e parecia, contrariamente a uma ideia pré-concebida, que foram os ingleses, grandes amantes de vinho, que o teriam inventado.

Os saca-rolhas eram em sua origem produzidos pelos fabricantes de armas membros das agremiações da cidade de Londres.

Sua forma foi constantemente modificada no decorrer dos dois séculos seguintes.

Foi por isso que, na metade do século XIX, númerosas patentes de invenção eram solicitadas em Londres.

A primeira foi concedida a Samuel Henshall em 1795.

A partir daí e até o início do século XX, registraram-se mais de 300 patentes para os saca-rolhas, o que denota sua evolução.

Principais tipos de saca-rolhas

 

Saca-rolhas simples com mecha cheia

Saca-rolhas simples com mecha em rabo de porco

Saca-rolhas em parafuso Faca suíça

Limonadier. O tipo mais utilizado pelos profissionais

Faca de sommelier. Modelo clássico com um só com uma ponta de apoio

Saca-rolhas com duas pontas. Trata-se de uma faca de sommelier aperfeiçoada

Saca-rolha de lâmina dupla, ideal para rolhas estragadas

Saca-rolhas com alavanca, do tipo clássico

Saca-rolhas com alavanca, do tipo Screwpull

Saca-rolhas Sveid. O mais caro do mundo em titânio aeronáutico

 

Comparação dos diferentes modelos

 

Saca-rolhas moderno com alavanca

 

  • As mechas cheias facilitam parafusar mais a rolha do que as mechas em rabo de porco, no entanto, possuem uma aderência limitada à cortiça e correm o risco de ser arrancadas da cortiça sem a extração final da rolha. Em contrapartida, os de mechas em rabo de porco penetram sempre ao longo de uma espiral helicoidal que distribui em partes iguais os pontos de apoio no interior da cortiça, aumentando as chances de puxar a rolha no momento da extração;
  • Quanto ao saca-rolhas com dois pontos de apoio, o primeiro ponto é imóvel e serve de primeiro ponto de apoio no decurso e no início da abertura da garrafa. A rolha tirada pela metade é então definitivamente extraída graças ao segundo ponto de apoio, que lhe é fixada e não móvel. A extração da rolha é feita então com um saca-rolhas com dois pontos de apoio e em dois tempos;
  • O de duas lâminas se adapta às rolhas em mau estado: ele escorrega entre a rolha e o gargalo ao longo de duas geratrizes diametralmente opostas. Com isso, o saca-rolhas reduz a aderência da rolha sobre o vidro e permite uma extração muito suave, sem deterioração da rolha e também sem deixar cair pedaços de cortiça no vinho. Seu defeito: ele não permite o « poop » que anuncia a degustação. Os operários nos canteiros de obra sabem reproduzir o princípio com duas pontas lisas entre o couro e a cadeira; isso requer uma grande força nos dedos;
  • Modelos de alta gama com dupla ação Screwpull. De uso mais fácil, porém, proporcionalmente mais volumoso, existem com ou sem suporte. O uso é interessante quando se trata de destampar um grande número de garrafas;
  • O saca-rolhas a gás é uma seringa que permite a injeção de um gás neutro sob pressão na garrafa que expulsa a rolha. É um saca-rolhas a gás que serve de arma do crime no episódio no 42 (7-2) em Assassinato à la carte (Murder Under Glass) do seriado Columbo. Ele foi responsável pelo acidente quando a rolha firmemente aderida ao gargalo da garrafa: neste caso, é a garrafa que explode, projetando cacos de vidros que cortam tudo ao redor;
  • O saca-rolhas do tipo Brabantia se usa fazendo girar seu puxador rotativo. O inconveniente é de transpassar demais as rolhas.

Fonte:  http://fr.wikipedia.org/wiki/Tire-bouchon

FAÇA PARTE DO CLUBE ENOVIRTUA

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos

No Comments

Deixe uma resposta

Seja um membro do clube Enovirtua

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos.