Vinho e saúde – Entenda quais elementos do vinho realmente ajudam na saúde

Vinho e saúde – Entenda quais elementos do vinho realmente ajudam na saúde

O conhecimento de que os vinhos fazem bem para a saúde já não são um assunto recente, e a medicina e ciência cada vez mais confirmam esta perspectiva.

Para incentivar ainda mais a sua paixão pelos vinhos, alinhando com seus objetivos de saúde, nosso artigo Enovírtua hoje explicará alguns dos elementos reconhecidamente benéficos dos vinhos.

Antioxidantes

Na longa batalha da saúde contra os famigerados radicais livres, que nós causam problemas como o câncer e outras doenças, os antioxidantes no vinho podem se tornar um poderoso aliado.

Os antioxidantes, como o seu nome já sugere, tem um efeito parecido com a prevenção de oxidação na sua saúde, atacando diretamente os radicais livres do organismo conforme começam a se acumular, além de apoiar a longevidade, conservando as células do corpo mais saudáveis.

Se você buscar benefícios amplificados dos antioxidantes, um bom vinho branco será a sua escolha, inclusive quebrando o paradigma de que os vinhos tintos são os que trazem maiores benefícios para a saúde.

Os vinhos brancos normalmente contam com um nível, no mínimo igual de antioxidantes – mas normalmente é mais elevado que nossos queridos vinhos tintos.

Vitaminas

Vitaminas são sempre bem-vindas para o nossa saúde, e se você já tem a recomendação de buscar mais vitaminas, os suplementos não devem ser descartados – mas o vinho também conta com o seu próprio hall de vitaminas.

Dentre a seleção de vitaminas do vinho podemos listar com prioridade as vitaminas A e C, com concentração mais elevada, mas também temos algumas do complexo B, como a B1, a B2 e a B12.

Além desta gama de vitaminas, os vinhos trazem o potássio e o ferro.

A função das vitaminas e complementos é de blindar a imunidade do organismo, formando uma barreira biológica para as doenças e enfermidades.

Álcool

O consumo moderado de álcool também gera benefícios para a saúde, e até mesmo falando de qualquer fonte de álcool, sempre em moderação, mas como nós apreciamos o vinho, fica a dica.

O consumo moderado de vinho age no afinamento do sangue, favorecendo a circulação e impedindo que hajam entupimentos no sistema venoso, que inclusive é um risco mais elevado para a saúde das mulheres.

Procianidinas

Um elemento bastante positivo para a saúde, presente nos taninos dos vinhos, que é o elemento liberado pela casca dos frutos, responsável pela coloração dos vinhos, são as procianidinas.

Este elemento também trabalha no favorecimento da circulação sanguínea, agindo contra doenças em todo o sistema cardiovascular.

Reservatrol

A substância reservatrol faz parte da família dos Polifenóis, uma classe de compostos bioativos, que agem como um redutor natural dos colesteróis negativos, como o LDL, enquanto favorece o colesterol positivo, e ainda ajuda na regulagem da pressão sanguínea junto dos outros elementos benéficos para a saúde.

Além disso o reservatrol ainda conta com propriedades anticancerígenas e anti-inflamatórias.

Por isso, o vinho também é aconselhado para quem sofre de pressão alta – uma taça diária pelo bem da saúde, inclusive aproveitando para celebrar a vida.

Os estudos vão avançando, mas a cultura popular por si só já nos prova que uma das chaves da saúde e longevidade é adquirir os elementos que nos favorecem através de alimentos que nos agradem.

Um brinde pela sua saúde!

Comentários do Facebook
FAÇA PARTE DO CLUBE ENOVIRTUA

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos

No Comments

Give a Reply

Seja um membro do clube Enovirtua

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos.