Inglês Espanhol Francês Italiano
Como tomar vinho sem ter medo dos olhares de desaprovação dos experts

Como tomar vinho sem ter medo dos olhares de desaprovação dos experts

Está cansado de sentir vergonha em relação aos vinhos? Confira três dicas básicas para beber vinho com confiança

Muitas pessoas dizem o que você está fazendo errado quando o assunto é esse. Matérias jornalísticas, supostamente com a intenção de fazer você se sentir mais confortável em ocasiões sociais, acabam na verdade gritando: “Você está fazendo tudo errado!”

Uma rápida pesquisa no Google resulta em títulos como “8 erros que você pode estar cometendo quando o assunto é vinho”. Ou o familiar “você está segurando errado a taça”. Ou ainda “Os erros mais comuns que todo mundo comete com vinhos”, que já alerta no começo “você provavelmente está cometendo erros com o seu vinho que levam a grandes decepções uma vez que a garrafa é aberta”. Ou ainda matérias que te instigam a comprar um vinho diretamente em uma loja ao invés de online.

Quem precisa desse tipo de crítica? Somos julgados em tantas coisas na vida. Vinho não deveria ser uma delas. Podemos aprimorar nossa satisfação com os vinhos sem a ridicularização dos experts que querem nos fazer sentir inferiores.

Esses artigos negativos contêm algumas boas dicas às vezes, mas não deveriam estar contribuindo para aumentar o nosso medo em relação aos vinhos. Ao invés disso, deveriam nos encorajar a apreciá-los de acordo com nossas preferências e gostos particulares. Então aqui estão algumas sugestões sobre como você pode apreciar um vinho com confiança, sem que alguém te lance um olhar de desaprovação.

Servir o vinho na temperatura ideal

Nós temos a tendência de beber vinhos brancos muito gelados e tintos muito quentes. Isso é porque tiramos os brancos da geladeira em torno de 4 graus C. Essa temperatura faz com que o vinho pareça refrescante no começo, mas não parece com água gelada? Queremos notas frutadas, acidez, nuances, etc. Isso só vem com temperaturas moderadamente frias.

Se você deixar o vinho branco na geladeira, tire cerca de 30 minutos antes de consumir. Se você duvida disso, preste atenção ao vinho enquanto ele aquece. Você vai perceber mais sabores. Brancos encorpados, como alguns chardonnays ou os vinhos laranjas da moda, estão geralmente no seu melhor somente um pouco abaixo da temperatura ambiente.

Já os tintos devem ser servidos em uma temperatura de adega, e não ambiente. Uma adega ideal mantém sua temperatura por volta dos 13 graus C (comparado com os 4 graus C da geladeira e dos 21 graus C ou mais do interior das casas). Então coloque sua garrafa de tinto em um balde de gelo e água por cerca de 20 minutos.

Não seja tímido nos restaurantes: tire sua garrafa de vinho branco de fora do balde e deixe-a esquentando na mesa se estiver muito fria; com o tinto, faça ao contrário, e coloque-a dentro do balde.

Invista em boas taças sem hastes

Devemos segurar nossa taça pelo caule ou pelo pé por duas razões. Facilita o movimento de rodar o vinho, o que ajuda a liberar seus aromas. Também evita deixar marcas de dedo oleosas que dificultam a apreciação da cor e claridade do vinho, e que pode (teoricamente) esquentar ele uma fração de grau acima da temperatura precisamente ideal. Ah, meu Deus!

É por isso que as taças sem a haste são boas. Podem não ser apropriadas para jantares formais, mas evitam constrangimentos, pois só há uma forma de segurá-las e são menos difíceis de derrubar.

Aprenda a reconhecer a falha mais comum do vinho

Essa dica dá um pouco de trabalho, mas vai evitar algumas experiências ruins. O gosto de rolha é causado por um químico que pode infectar a rolha e afetar o aroma e o sabor do vinho. Não é prejudicial à saúde, mas arruína o vinho. Se o seu vinho está cheirando mal, provavelmente aconteceu isso. Chame o sommelier e peça por outra garrafa, ou leve de volta para a loja que você comprou para uma troca. Algumas pessoas dizem que derrubar uma moeda de cobre na taça vai neutralizar o gosto de rolha, mas quem ainda anda com moedas?

Essa lista poderia se alongar, mas esses três pontos vão ajudar você a apreciar o vinho sem aquela ansiedade de seguir a etiqueta. E se você achar que alguém está te olhando feio, sorria de volta, pegue sua taça pelo bojo e tome um grande gole.

 

Fonte: Gazeta do Povo

FAÇA PARTE DO CLUBE ENOVIRTUA

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos

No Comments

Deixe uma resposta

Seja um membro do clube Enovirtua

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos.