Inglês Espanhol Francês Italiano
10 mitos que, ainda, subsistem no mundo dos vinhos. Há que destrona-los

10 mitos que, ainda, subsistem no mundo dos vinhos. Há que destrona-los

O vinho tinto só combina com carne e o branco com peixe. A bag in box tem vinho de pior qualidade do que a garrafa e quanto mais caro melhor. Já ouviu estes comentários sobre o vinho? Então saiba que são mitos.

O vinho é talvez a bebida mais romântica, desde as narrativas da sua produção ancestral, quando cada cacho de uvas era colhido à mão e, os homens, em sincronismo pisavam o fruto suculento; até às pipas cheias de preceito guardando o “néctar dos deuses”.
Segue-se depois todo o preceito no consumo de vinho e, chegados aqui, nasceram muitas ideias românticas e com elas mitos e imagens feitas. Tal como os homens que pisam a uva, unidos, também estes mitos se abraçam ao vinho.

1. OS PROVADORES DE VINHO SABEM, SEMPRE, O QUE ESTÃO A FAZER
Nem sempre. Não raras vezes, compramos vinhos pelos selos dourados ou prateados inscritos nos seus rótulos, estatuto de prémios conquistados. Na realidade, independentemente do rigor científico, na classificação dos jurados também entram opiniões subjetivas. Há, desta forma quem defenda que o melhor critério de compra é o gostar ou não gostar de um vinho.

2. VINHO EM BOX É DE MENOR QUALIDADE
Muitos amantes do vinho consideram que o “néctar dos deuses” colocado numa bag in box é sinal de menor qualidade. Engano. O vinho é o mesmo. O menor custo está associado à embalagem, que traz ainda a vantagem de ser fácil de transportar e permite que o vinho se conserve melhor. Os adeptos desta embalagem estão a crescer um pouco por tudo o mundo.

3. A CARNE PEDE TINTO E O PEIXE BRANCO
Parece ser um dado adquirido, até pelos que não se veem como entendedores de vinho, que o tinto acompanha carne e o branco peixe. Mas há todo um vasto conjunto de vinhos dentro destas duas cores. E a combinação mundialmente assumida como correta nem sempre o é. Por exemplo, um peixe mais consistente como atum ou salmão combina melhor com vinho tinto um pouco encorpado do que com um branco leve. Assim como, um bife suculento ficará bem acompanhado com um chenin blanc (uma casta de uva branca).

4. TODOS OS VINHOS FICAM MELHOR COM A IDADE
Mito, pois 90% de todo o vinho produzido no mundo deve ser consumido dentro de um a dois anos a partir do momento em que é produzido.
10 mitos que, ainda, subsistem no mundo dos vinhos. Há que destroná-los
5. GELO NO VINHO, NUNCA!
Há vinhos cujo grau de álcool é mais elevado e pede uma pedra de gelo para temperar, tal como um whisky. O gelo pode ainda enaltecer os sabores do vinho.

6. A ROLHA É MELHOR DO QUE TAMPA DE ROSCA
Como portugueses e tendo em conta que a cortiça é uma das matérias-primas que produzimos e que muito se tem destacado no panorama económico, claramente assumimos que o vinho tapado com uma rolha de cortiça é melhor, do que aquele cuja garrafa perde o fôlego numa tampa de rosca. Mas a verdade é que ambos os vinhos serão bons e muitos estudos apontam que a tampa de rosca protege melhor o vinho da oxidação.
10 mitos que, ainda, subsistem no mundo dos vinhos. Há que destroná-los

7. QUANTO MAIS CARO, MELHOR
O melhor truque para comprar um bom vinho é precisamente saber: gosto ou não gosto. O preço pode não ser bom conselheiro. No âmbito de um estudo, centenas de pessoas provaram vinhos e tinham de o enquadrar numa escala de preços. A maioria das pessoas não fazia ideia de que intervalo de valores atribuir. Num outro estudo, as pessoas provaram vinhos e tendencialmente consideravam melhor o que tinha um preço superior. No entanto, ambos os vinhos provados estavam no mercado pelo mesmo preço. Ou seja, o seu paladar é o melhor marcador na escolha.

8. VINHOS DOCES É PARA AMADORES
Quando se pede um vinho doce, há alguma tendência em considerar que não se é apreciador desta pedida. É quase um ato de amadores e não de sábios conhecedores de vinho. Mas saiba que alguns dos vinhos mais premiados do mundo são doces. Riesling, French Sauternes e Italian Amarone são vinhos doces e alguns dos mais caros do mundo.
10 mitos que, ainda, subsistem no mundo dos vinhos. Há que destroná-los

9. O CHAMPANHE SERVE BRINDES E POUCO MAIS
O champanhe, oriundo de uma região francesa com o mesmo nome, ou se quisermos algo mais português, um vinho espumante, pode ser apreciados mais vezes do que apenas naquele momento especial. Esta bebida casa muito bem com marisco e vegetais, por exemplo. Aliás, é considerado dos vinhos mais versáteis para combinar com as refeições. E não precisa de gastar muito porque no mercado já existem muitos champanhes de qualidade e a preços acessíveis.

10. GARRAFAS GRANDES, VINHOS MELHORES
O marketing dos vinhos tem um peso significativo na hora de comprar uma garrafa. Muitas vezes uma garrafa grande e pesada é sinal de um vinho de qualidade superior. Desengane-se e faça um favor à sua carteira, pois há vinhos que a única coisa boa é só mesmo a aparência. Nos vinhos, como em tudo, não se iluda com a aparência.

 

Fonte: Sapo

FAÇA PARTE DO CLUBE ENOVIRTUA

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos

No Comments

Deixe uma resposta

Seja um membro do clube Enovirtua

Receba o ebook EnoExpert, brindes e descontos em nossa loja de vinhos.